domingo, 21 de dezembro de 2014

AL inaugura maior teatro de MT nesta segunda-feira

O maior teatro de Mato Grosso, o “Teatro Cerrado - Zulmira Canavarros”, será inaugurado na segunda-feira (22), a partir das 19h30, com uma mostra de cultura regional que incluirá apresentações de artes cênicas, música e dança, todas abertas à população. O prédio, que conta com 774 lugares e estará entre os 70 maiores do país, tem estilo moderno e foi construído anexo ao prédio da Assembleia Legislativa (AL).
A Mesa Diretora da AL fará a inauguração com o descerramento da placa e declarações de autoridades, e em seguida, o público irá conferir espetáculos com a dupla Nico e Lau e o ator André de Lucca; de balé clássico com o Balé Caroline e de dança regional com o grupo Flor Ribeirinha e apresentação musical com a dupla Henrique e Claudinho.
 O presidente da Casa, deputado José Riva, informa que o prédio oferecerá qualidade acústica, estrutural e estética para espetáculos artísticos dos mais diversos, tais como apresentações de mágica, óperas, consertos musicais, dança e cerimônias oficiais dos três Poderes. Além de conforto para o público geral e os portadores de necessidades especiais, o prédio contará, futuramente, com um estacionamento contíguo, com 500 vagas.
“Esse teatro é um sonho realizado do segmento cultural, com capacidade para abrigar apresentações para grandes públicos. A população vai ganhar um local belíssimo para acompanhar o trabalho de talentosos artistas mato-grossenses, de artistas nacionais e de outras nacionalidades. O teatro da AL é um presente para a sociedade”, disse. Riva ainda informou que o nome do local foi escolhido para homenagear a cuiabana que se dedicou à cultura local. Quanto ao gerenciamento do local, o presidente da AL informa que um estudo definirá o sistema.
Estrutura – Seguindo as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas, o prédio terá lugares especiais para obesos (12), cadeirantes (12) e outros casos que necessitem de espaços especiais (10). No total, o público contará com 774 lugares. O arquiteto responsável pelo projeto é Pedro Willi Kirst.
O sistema de acústica do prédio foi feito com mantas especiais nas paredes, nos forros e no piso, com inclinações nos forros para reflexão do som, o que permite a perfeita audição dos eventos, de forma igual, de qualquer ponto do teatro.
A “boca do palco” tem 14 metros de largura por 5,45 de altura e 11 metros de profundidade. Além disso, conta com seis metros de altura - fora da vista dos espectadores - para o recolhimento de cenário e varas, o que permitirá ao público, por exemplo, apreciar atrações que tenham elementos suspensos. O tablado do palco é elevado em 1 metro e 10 centímetros do chão – que comporta alçapões – para permitir apresentações de espetáculos de mágica.
Camarins – O teatro tem dois camarins com banheiros, áreas para administração e para local para abrigar o material dos espetáculos. Tem também espaço com área de 150 metros quadrados para treinamentos, oficinas, testes, aquecimentos.
Som e Iluminação – Tudo será controlado de forma automatizada, por meio de mesas formadas com estruturas em cabos de fibra ótica. Ao todo são 150 pontos de luz.
Mais informações:
Secretaria de Comunicação Social
Telefone: (65) 3313-6310 / 3313-6680

0 comentários: