terça-feira, 25 de novembro de 2014

Documentos e manuscritos de Charles Darwin estão disponíveis na internet

Em 2014, a icônica “A Origem das Espécies” de Charles Darwin completou 155 anos desde sua publicação. No dia 24 de novembro de 1859, Charles Darwin divulgou o seu estudo sobre a evolução animal e sobre a seleção natural. Pensando no tamanho de sua importância, pesquisadores do American Museum of Natural History e do Darwin Manuscripts Project decidiram digitalizar e disponibilizar todos os escritos do cientista.
Trabalhando desde 2007 nisso, a equipe garante que 50% dos documentos já podem ser encontrados na rede. Em declaração oficial, o museu disse: “Os mais de 16 mil documentos acessíveis no site cobrem um período de 25 anos da história de Darwin. Essa foi a época que ele se convenceu dos conceitos de evolução, seleção natural, adaptação das espécies, árvores genealógicas e reuniu tudo em sua obra principal”.
No site, você poderá encontrar algumas curiosidades muito interessantes. Desenhos feitos em folhas; a primeira vez que “seleção natural” foi usada pela ciência; o primeiro título da publicação Origem das Espécies e muito mais. A equipe pretende finalizar o projeto até junho de 2015.
O time de pesquisa afirma: “O trabalho que Charles Darwin teve para escrever sua principal obra foi muito maior do que sentar com papel e caneta em uma mesa. O livro foi o fruto maduro de um prolongado processo de exploração científica, criatividade e interesse em evolução. Nós queremos mostrar todos esses manuscritos, queremos manter os dados massivos da pesquisa de Darwin vivos”.
- Revista Galileu -

0 comentários: