sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Internet trará boas notícias para o setor da música em 2014

A internet sempre foi a inimiga dos executivos do mundo da música. Ela facilita a pirataria, solapa as vendas de CDs e estimula as pessoas a baixarem músicas isoladas ao invés de comprá-las às dúzias. Mas ela deve dar aos executivos motivos para cantar em 2014.
Os serviços de assinatura como o Spotify, que permite aos usuários ouvir música em streaming através de uma taxa mensal ou em troca da audição de anúncios publicitários, irão atrair mais ouvintes. Serviços de rádio online como o Pandora também. E mais empresas de música digital serão abertas.
A popularização de smartphones e planos de dados ilimitados tornarão esses serviços portáteis de música mais atraentes para os ouvintes. O streaming ainda responde por uma parcela pequena no setor global da música, mas irá impactá-lo nos próximos anos. Como um roqueiro popular que se desgasta só para tentar um retorno uma década depois, o combalido setor da música provavelmente nunca irá reconquistar seu vigor anterior. Mas mesmo um crescimento modesto é uma notícia bem-vinda.
- Opinião e Notícia -

2 comentários:

Danilo S. de Almeida disse...

Quando li o título da notícia pensei se tratar de algo fantástico...
Isso ai já vem acontecendo. Mas, não acho que 2014 será o grande marco. E se for, não será no Brasil. A pirataria por cá é muito forte.

Marcos Vampa disse...

Grande novidade...