segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mostra Audiovisual Universitária da UFMT movimenta produtores independentes

Figura importante para a história do cinema local, o ativista cultural Aníbal Alencastro, é mais um dos inscritos na 12ª edição da Mostra Nacional de Audiovisual Universitário, que ocorre entre os dias 11 e 14 de novembro, no Centro Cultural da UFMT. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de outubro.

Atraído por uma propaganda na televisão ele se sentiu a tentado pelo caráter exibicionista da mostra que é uma vitrine para produções audiovisuais que permanecem fora do circuito comercial.

“Eu tinha acabado de fazer um vídeo caseiro e decidi me inscrever porque queria expor este trabalho”. No filme, em que atua como produtor, diretor e ator, ele faz uma imitação de Charles Chaplin e traduz nas cenas a evolução do cinema, do mudo em preto e branco até o nascimento da TV.

De acordo com o organizador da mostra, o coordenador do Cineclube Coxiponés – vinculado à coordenação da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Esportes (Procev) – Moacir Barros, geralmente ficam de fora apenas as produções que possuem explicitamente um caráter publicitário e jornalístico. “Nossa meta é estimular o desenvolvimento de materiais audiovisuais cinematográficos”, explica.

Mas o objetivo maior, segundo Moacir, é exibir materiais produzidos por universitários. “Eles não têm vitrine e suas obras costumam ficar restritas às universidades, às salas de aula. Mas, temos também uma categoria dedicada aos vídeos independentes. “De produtores que não estão fora do circuito comercial, que produz e gosta do audiovisual, mas tem poucos recursos e não tem pretensão pela comercialização deste material”.

Por conta do caráter exibicionista, a premiação é feita em troféus, na Categoria Universitária são contemplados os vídeos de melhor ficção, melhor documentário, melhor experimental e melhor filme universitário eleito pelo júri popular. Já na independente, o melhor filme.

Durante os dias de exibição, vão ocorrer paralelamente, oficinas e palestras no período da tarde, organizados por estudantes de Comunicação Social da UFMT.

Podem participar vídeos inéditos produzidos a partir de 2011, de até 20 minutos. Eles devem ser enviados no formato DVD Video ou .AVI, por sedex ou por correspondência comum, juntamente com a ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada.
- O Documento -

0 comentários: