terça-feira, 1 de outubro de 2013

Fora do Eixo by "La Gringa Sudaca"

     Re-post do meu status de facebook sobre este assunto (que é público mas não tem como deixar o link), seguido por nota sobre minha representação de Castro, Lemos, e Vianna no post original (mal-caraterizado por APJ).
    "Que seja claro:
    1: Eu não lamento “a unanimidade pró-FdE no meio acadêmico” já que não acho que ela exista. Meu ponto (no primeiro post do blog) foi que não entendia como pessoas especialistas em questões do digital em relação à cultura, política, economia, etc., não enxergavam as contradições entre fala e prática de Fora do Eixo, algo que percebi nas falas que elogiavam o trabalho do FdE nesses meios apesar dessas (pra mim) contradições e irregularidades tão claras. Faltava uma discussão de fato sobre o que Fora do Eixo e outros fazem com o digital pra realmente poder pensar nessas questões.
    2. Uma dessas questões (não discutidas por esses pesquisadores que têm apoiado Fora do Eixo) é assunto do artigo acadêmico citado aqui (versão português http://www.mediafire.com/?bjj1okvb6frbr2d), de se é possível de fato criar uma estrutura de circulação aberta como o Fora do Eixo diz querer. Ela não conseguiu, e acho que isso é importante pensar pra todos nós. As semelhanças entre os problemas que o Fora do Eixo tem nesse sentido e os problemas de todo o mundo são foco desse novo post, pra quem quiser (http://lagringasudaca.com/post/58454155303/mais-um-de-mim).
    3. Eu ser da Columbia, e da reputação da Columbia, não importam nada nesse debate, e não devem ser usados pra me legitimar ou desligitimar.”
    Agora, a má representação que o Álvaro fez de mim me fez pensar melhor como eu representei esses outros pesquisadores no meu post. Com certeza “elogiar tanto” não foi justo. Eu tinha visto essas pessoas participando em algumas ações Fora do Eixo (e também tem a parceria entre Overmundo e FdE que mencionei), mas eu não deveria ter colocado suas posições com um caráter tão fortemente apoiador, já que eu não sei bem as complexidades de como elas pensam com respeito à rede. Acho que devem ter muito a contribuir à discussão e gostaria ir dialogando com elas nessa medida. E também peço desculpas se eu má representei as suas posições.
    Como grande amigo carioca meu sempre fala, perdoa minha ignorância.

0 comentários: