sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Final de semana tem exposição, concerto e espetáculo em Cuiabá

Exposições e apresentações fazem parte da programação cultural deste final de semana, em Cuiabá. Uma das mostras que o público pode conferir é a 'Rede de Arte' que termina neste sábado (5), na Casa do Parque. No total, sete artistas mato-grossenses expõem obras de esculturas, fotografias e pinturas com caráter clássico e contemporâneo.
Outra atração é a série de apresentações musicais 'Sons da Terra', interpretadas pela Orquestra Jovem e Trio Monofoliar. O espetáculo pode ser conferido no Cine Teatro, na capital. O G1 preparou uma lista com datas, horários, locais, valores, faixas etárias das apresentações e sinopse. Confira:

Orquestra Jovem
A Orquestra Jovem estreia a série 'Sons da Terra' com o Trio Monofoliar neste domingo (6), a partir das 19h, no Cine Teatro Cuiabá. A atração faz parte de um projeto que tem a ideia de promover o encontro de artistas regionais com a música de concerto. De acordo com a assessoria, os ingressos podem ser adquiridos no dia da apresentação, a partir das 14h, na bilheteria do Cine Teatro. O valor da inteira é R$ 10 e meia custa R$ 5.
Segundo o maestro da orquestra, Murilo Alves, para esta apresentação 40 músicos devem compor o grupo. O primeiro momento do espetáculo será realizado com o violino solo e com participação do solista Fernando Pereira, de Cuiabá.
A segunda parte tem participação do Trio Monofoliar. Além da música de compositores como Chico Buarque e poemas musicais de Cecília Meireles, o grupo vai apresentar três composições autorais com o arranjo do pianista Leandro Braga, do Rio de Janeiro.
Monofoliar é um grupo brasileiro composto pelos músicos Estela Ceregatti, Jhon Stuart e Juliane Grisólia. Eles desenvolvem a música conhecida como Worldmusic, que reflete a constante pesquisa e estudo de várias culturas.
O Cine Teatro está localizado na Avenida Presidente Getúlio Vargas, nº 161, centro de Cuiabá.

'Policromia'

A exposição 'Policromia' está aberta no Pantanal Shopping, em Cuiabá, até o dia 15 de outubro. A coleção pode ser vista de segunda a sábado, das 10h às 22h e no domingo das 11h até 22h. As telas são do trabalho do artista plástico cuiabano Adriano Figueiredo. O artista tem características que levam tonalidades marcantes e quentes. A entrada é  gratuita.
Segundo o artista, as obras foram produzidas por meio das lembranças da infância dele. Os trabalhos trazem traços e uma fusão imensa de elementos e inspirações regionais e religiosas.
“Minhas lembranças da infância trazem as imagens do meu avô tocando cururu na viola-de-cocho e da minha avó tecendo suas redes nos fins de tarde. Tudo isso faz parte da minha história e eu levo para as minhas obras. Uma das razões dos emaranhados, tão marcantes nas minhas pinturas, são os fios que a minha avó tecia”, comentou o artista.
Adriano Figueiredo Ferreira nasceu em Cuiabá em 1979 e aos 15 anos começou a trabalhar profissionalmente com a arte. Ele fazia painéis para uma loja de decoração e a partir daí passou a participar de produções de carnavais e fazer projetos artísticos para festas.
O Pantanal Shopping fica localizado na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, em Cuiabá.

Nemo
O espetáculo de dança 'Nemo' será apresentado nesta sexta-feira (4) e sábado, no Cine Teatro, em Cuiabá. O horário de apresentação na sexta-feira está previsto para começar às 20h. Já no sábado o espetáculo deve começar a partir das 11h. Os ingressos já podem ser adquiridos na bilheteria do Cine Teatro. A atração é apresentada pelo grupo Ópera Ballet.
O valor da inteira é de R$ 50 e meia R$ 25. A peça é inspirada na animação do filme 'Procurando o Nemo' dos estúdios Pixar e Disney. Nemo é um filhote de peixe-palhaço habitante da Grande Barreira de Coral, único sobrevivente de sua ninhada atacada por um predador. O peixinho tem uma deficiência em uma das nadadeiras e, ao nadar em mar aberto, é capturado e levado para um aquário no consultório odontológico em Sydney, na Austrália.
Segundo a assessoria, a escola de dança do grupo Ópera Ballet conta com a participação de 500 pessoas, entre alunos, professores de dança e atores profissionais. A escola trabalha nas modalidades de balé clássico, contemporâneo, jazz, sapateado e dança de rua.

Rede de Arte
A exposição 'Rede de Arte' encerra neste sábado na Casa do Parque, em Cuiabá. As peças podem ser vistas pelo público das 10h às 22h. Segundo os organizadores, sete artistas mato-grossenses expõem obras de esculturas, fotografias e pinturas com caráter clássico e contemporâneo. A classificação é livre e a entrada é gratuita.
Conforme a assessoria, uma das obras exposta é da artista plástica Thaís Lino. Segundo ela, as peças são marcadas pelo contraste negro da tinta nanquim e colagens de cores forte marcantes. Os pintores dizem que a escolha das cores serve para dar mais vida às obras.
Outro trabalho que faz parte do evento é do fotógrafo Ordi Calder. No total, 30 fotografias de projeções criadas pela luz do sol compõe o cenário artístico. Segundo Calder, as fotos mostram a geometria no meio urbano, porque é a partir dela que as pessoas vão ter a oportunidade da percepção estética da arte.
Outras telas que dão destaque ao cenário são os quadros de Rodrigo Sávio. Segundo ele, as telas buscam despertar nas pessoas formas diferenciadas a partir de uma mesma criação. A Casa do Parque fica  localizada na Rua Marechal Severino de Queiróz, no Bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.

'Cê quê vê, escuta'
A exposição 'Cê qué vê, escuta', do artista plástico Régis Gomes, está aberta a visitação até a próxima sexta-feira (11), a partir das 19h, de segunda a sábado, na Secretaria Municipal de Cultura, em Cuiabá. De acordo com a assessoria, ao todo 16 quadros serão em amostra. A entrada é gratuita.
Segundo o artista, o diferencial dos quadros é o uso da tinta acrílica e um tecido conhecido como 'xitão', que proporciona uma textura diferente. Entre as figuras populares ilustradas nas telas estão Guapo, Liu Arruda e Jejé de Oyá. As obras também abordam culinária, rasqueado e pontos históricos da capital.
Além da exposição, os visitantes poderão conferir uma apresentação do grupo Flor Ribeirinha e também uma exposição de pinturas em telhas da ceramista Edlaine Domingues.
A Secretaria Municipal de Cultura fica localizada na Rua Barão de Melgaço.
Crochê de Barro
Outra exposição na capital é o 'Crochê de Barro', do artista plástico Ronei Ferraz. O espaço está aberto de terça-feira a sexta-feira, das 14h às 21h e no sábado e domingo, das 16h às 20h, na Galeria do Sesc Arsenal, em Cuiabá. A exposição segue até o dia 10 de novembro e a entrada é gratuita.
Na exposição, o artista retrata pássaros e flores através da técnica de modelagem no barro. A técnica é utilizada pelo artista para desenhar em cima de uma folha no barro.
As peças também fazem uma referência as belezas da primavera e poesia brasileira.
O Sesc Arsenal, fica localizado na Rua 13 de Junho, no Bairro Porto, em Cuiabá, nos fundos do Estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra.
- G1 -

0 comentários: