sexta-feira, 12 de abril de 2013

Feliciano diz que Deus ‘matou’ John Lennon e Mamonas Assassinas


Em vídeos publicados na internet, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara afirma que artistas foram mortos por 'debochar' de Deus. [Leia aqui]



Este parlamentar esquece que a mesma "justiça divina" que ele alega neste caso tb se faz presente com quem se usa do "nome de Deus" e de sua "palavra" para disseminar o preconceito, obter dinheiro maior do que o necessário para as "obras do senhor".
E estelionato não é pecado, pastor?
E usar dinheiro público para pagar advogados por processos pessoais deputado? Isso Deus permite, né?
Afinal, ninguém vê na prática que o dinheiro público poderia ser usado para combater a fome, dar educação, tratamentos de saúde para quem não pode pagar, moradia, erradicação da miséria, formação profissional...
E acusa Caetano Veloso de fazer “pacto com o demônio”?
Se "Deus" mata por vingança ou por qualquer outro motivo, não merece dedicação.

0 comentários: