terça-feira, 2 de abril de 2013

Edital do Programa de Cultura BNB/BNDES será lançado sexta-feira

Na próxima sexta-feira, 5 de abril, será lançado o Programa de Cultura Banco do Nordeste/BNDES – Edição 2013, que  destinará R$ 8 milhões para patrocínio a projetos nas áreas de artes integradas, artes visuais, audiovisual, dança, literatura, música, patrimônio e teatro & circo.
A cerimônia acontece em Sousa (PB), na unidade do Centro Cultural Banco do Nordeste. O evento contará com a presença do secretário de Fomento e Incentivo a Cultura do Ministério da Cultura, Henilton Menezes. Também estarão presentes o deputado federal Pedro Eugênio Cabral, a representante do BNDES, Carine Silveira; além de representantes de entidades parceiras e autoridades locais.
O Edital estará disponível para consulta na página do BNB na Internet (www.bnb.gov.br), a partir da sexta-feira. As inscrições permanecerão abertas até o próximo dia 11 de maio. A relação dos projetos selecionados será divulgada no dia 19 de agosto de 2013.
Para divulgar as principais características e objetivos do Edital e orientar os proponentes sobre o correto preenchimento do formulário de inscrição, serão realizadas 45 Oficinas de Elaboração de Projetos, em várias cidades nordestinas, no período de 5 de abril a 4 de maio. No Maranhão, a primeira oficina vai acontecer no dia 17 de abril, no Teatro da Cidade de São Luís, a partir das 14h. Em seguida, os Espaços Nordeste das cidades de Amarante, Carolina e Barreirinhas receberão o mesmo evento, nos dias 24 e 26 de abril e 03 de maio, respectivamente.
O Programa de Cultura Banco do Nordeste/BNDES foi criado pelo BNB em 2005, com o objetivo de democratizar o acesso aos recursos para patrocínio de ações culturais, desenvolvidas em benefício da Região.
O Programa possui quatro princípios básicos: interesse da Região, uma vez que o Banco do Nordeste é o principal órgão do Governo Federal para o desenvolvimento regional; acesso democrático a todos que fazem parte da cadeia produtiva da cultura, com igualdade de possibilidades; transparência do processo de seleção, oferecendo a todos as informações sobre os critérios e metodologia de avaliação dos projetos; e finalmente, acompanhamento que permita o cumprimento dos objetivos de cada ação e do programa como um todo.

0 comentários: