terça-feira, 19 de março de 2013

Charlie Brown Jr prepara CD inédito, reedições e tributos para Chorão

A morte de Chorão, na semana passada, deixou no ar uma dúvida na cabeça de muitos fãs da banda: e agora, como será o futuro do Charlie Brown Jr? Uma semana após a morte do vocalista, o que se sabe até o momento é que há um disco de inéditas finalizado e pronto para sair. A Radar Records, que lançou "Música popular caiçara" (2012), tem a pretensão de colocar o trabalho no mercado. Além disso, a EMI vai reeditar os dois primeiros discos do Charlie Brown Jr, lançados em 1997 e 1999, respectivamente.
Ainda que seja cedo para falar em homenagens, artistas como Raimundos e Tico Santa Cruz já interpretaram canções do Charlie Brown Jr. após a morte de Chorão, no programa "Altas Horas", da TV Globo. O festival Planeta Atlântida, que tem edições catarinense e gaúcha, diz que pretende homenagear o cantor na edição de 2014.
A gravadora EMI, responsável pela maior parte do catálogo do Charlie Brown Jr, vai relançar os dois primeiros álbuns do grupo, "Transpiração contínua prolongada" (1997) e "Preço curto... prazo longo" (1999). Os discos chegam às lojas no final de março ou começo de abril. A estreia vendeu pouco mais de 500 mil cópias e o segundo totaliza 464.560 unidades comercializadas. A assessoria da EMI informou ao G1 que as reedições não serão remasterizadas e não terão faixas bônus ou músicas ao vivo. Segundo a gravadora, a ideia é ser "fiel" aos discos originais.
Os dois primeiros discos trazem os principais hits do Charlie Brown Jr. "Transpiração contínua prolongada" tem "Proibida pra mim", "O coro vai comê!", "Tudo que ela gosta de escutar", "Gimme o anel" e "Quinta-feira". Os sucessos de "Preço curto... prazo longo" são "Confisco", "Zóio de lula", "Te levar" e "Não deixe o mar te engolir".
- leia mais em G1 -

0 comentários: