segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Maconha sintética pode danificar rins de usuários

A maconha sintética é uma fonte conhecida de diversos problemas de saúde. Agora, médicos podem ter descoberto um outro problema causado pela droga. Surgiram casos nos Estados Unidos de jovens que sofreram danos severos aos seus rins depois de usarem a substância.
16 casos foram documentados de 2012. Os pacientes eram em sua maioria homens entre 15 e 33 anos. Eles foram hospitalizados com náusea, vômitos e dores abdominais ou nas costas – sintomas de danos aos rins.
A maconha sintética é composta de uma mistura de ervas e aditivos químicos e é normalmente fumada. A droga age nos mesmos receptores cerebrais que a maconha normal e é ilegal nos EUA.
Pesquisadores não sabem identificar a causa dos danos causados aos rins. Uma análise de amostras fumadas por esses pacientes indicam que um causador possível poderia ser o composto XLR-11, recentemente descoberto.
A maioria dos pacientes se recuperaram em poucos dias. Os pesquisadores envolvidos publicaram um relatório alertando médicos a fazerem perguntas sobre o uso de maconha sintética ao atenderem jovens saudáveis apresentando danos inexplicáveis nos rins.
O relatório foi publicado no CDC’s Morbidity and Mortality Weekly Report.

0 comentários: