sexta-feira, 5 de outubro de 2012

O voto nulo não é tão polêmico assim

Voto nulo (ou até branco) é cruzar os braços diante de tanta covardia dos políticos contra nós mesmos. É concordar com todo esse lixo que aqui impera. É permitir o estupro contra nós mesmos e todos aqueles entes queridos, brasileiros tão sofridos.
Não posso concordar com a obrigatoriedade do voto, mas não desperdiço a chance de expressar o descontentamento no voto.
Brigamos tanto para votar não faz muito tempo. Agora, não faz sentido avacalhar.
O voto facultativo está ganhando força. E torço para que chegue. A turma do voto nulo passará a votar, com certeza.

0 comentários: