domingo, 9 de setembro de 2012

Banido por 'pirataria', Grooveshark volta ao Google Play

O serviço de streaming de músicas Grooveshark venceu mais uma batalha para se manter no mercado, dessa vez garantindo que seu produto continuará nas prateleiras do Google Play, a rede de aplicativos do Android.
Após ter sido processada pela EMI e pela Sony e Warner, a empresa se defendeu dizendo que nunca permitiu que usuários baixassem música de seu site e que havia aplicativos falsos usando o nome da marca para pirataria. Os apps foram removidos da lista do Google e o verdadeiro Grooveshark foi readmitido na loja virtual.
A empresa divulgou um comunicado explicando o ocorrido. “Após trabalhar em conjunto com o Google para remover aplicativos piratas, nós nos orgulhamos em anunciar que o Grooveshark oficial foi novamente disponibilizado no Google Play. A Grooveshark é dedicada a ajudar fãs de música em buscar, descobrir e compartilhar músicas enquanto, de forma pioneira, promove novos artistas com técnicas de distribuição e monetização. Nós estamos ansiosos para continuar a construir um relacionamento com o Android e alavancar essa plataforma fantástica para os nossos parceiros.”
Por ter mais de 35 milhões de usuários em todo o mundo, o Grooveshark está sendo alvo de disputas para a aquisição do serviço. A EMI, que a processou antes, está entre as interessadas.
- Techtudo -Link

0 comentários: