quinta-feira, 19 de julho de 2012

"Os Implacáveis" Amarelinhos Estão sendo movido por multas aplicadas

Em 99% das esquinas das principais vias de Cuiabá agora tem um agente de trânsito, comumente chamado de “Amarelinho” - pela cor da farda que envergam. Na “cidade verde” pintada de azul e branco pelo prefeito Chico Galindo, os tais “Amarelinhos” se transformaram na ameaça eloquente aos motoristas no caótico sistema de mobilidade urbana, cujas vias estão abarrotadas de buracos e quebra molas. Na maioria das vezes o que se vê são os tais agentes anotando placa de carros para multá-los.
Essa fúria tem uma explicação. A lei que criou a figura de agente de trânsito em Cuiabá prevê uma al 'gratificação de produtividade' - o que dá brecha para que o profissional ganhe em cima de cada multa aplicada. A lei de gratificação de produtividade, é considerada um equívoco, já que não há nenhum critério para se multar. “Eles estão multando até avião", ironizou o vereador Clovito Hugueney, do PTB, partido do prefeito.
Pela lei, o salário de agente de trânsito é de R$ 850,00. De acordo com o vereador Toninho de Souza, do PSD, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes Urbano de Cuiabá vem ignorando pedidos de informações sobre o assunto. Ele disse que há vários requerimentos da Câmara pedindo informações sobre a composição do salário de um agente de trânsito em Cuiabá. “Está havendo em nossa cidade é uma indústria de multa, a qual o amarelinho está multando o motorista sem nenhum critério” – diz o vereador.
(...)
- leia mais em Correio Press -

0 comentários: