quinta-feira, 19 de julho de 2012

Índio esclarece que não aposta na maconha para vencer eleição

Em nota enviada à nossa reportagem, o candidato a vereador Caue Zadra Bertolli (PSL), conhecido como "Índio", esclareceu que em nenhum momento de sua campanha fez apologia à utilização da maconha para conquistar votos entre os jovens curitibanos. Muito pelo contrário: ele afirma que "apoia, sim, a descriminilização da maconha, mas como forma de tratar as drogas como um assunto sério de saúde pública". Índio também defendeu que os usuários da droga precisam de uma atenção especial do poder público, o que não tem acontecido." Nossos atuais políticos tratam o usuário como um criminoso e não como um doente que precisa de tratamento médico", sustentou.
Ainda sobre a indicação de que o "4:20" em seu número de campanha teria a ver com o horário mundial para se fumar a droga, o candidato negou a informação. Segundo ele, o número tem relação com a sua intenção de levar adiante o debate sobre o problemático uso das drogas.
- Banda B -

0 comentários: