domingo, 22 de julho de 2012

Chambers quer servir de exemplo: "drogas arruinaram minha vida"

O velocista Dwain Chambers torce que sua presença nos Jogos Olímpicos sirva como um aviso para qualquer um que pensar em se dopar. O atleta foi liberado para competir em Londres apenas no início desde ano, quando o Comitê Olímpico Britânio reverteu a decisão que o impedia de participar de eventos oficiais.
Em entrevista ao jornal britânico The London Evening Standard, Chambers se mostrou arrependido e disse que espera que sua presença faça os atletas refletirem melhor antes de utilizar alguma droga, porque isso não os ajudará.
Segundo o britânico, você até poderá melhorar seu tempo e estatísticas, mas isso não te ajudará, apenas arruinará sua vida, te causando um arrependimento eterno.
Durante a entrevista, Chambers disse que as drogas só o fizeram piorar, além de não melhorar suas capacidades, a substância o tornou uma pessoa antissocial e só serviu para arruinar sua carreira e a imagem do esporte.
- Terra -

0 comentários: