segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Começando uma banda - parte 1


Para você que está começando na música ou quer entrar para o time, vou tentar dessecar minha rasa experiência durante a vivência no meio.
Primeiro passo é ter consciência do seu gosto pela arte. É fácil saber. Um dos indicadores positivos é o interesse incansável por novidades e saber ouvir trocentas vezes uma música e a cada vez descobrir novidades na mesma. Existem basicamente dois tipos de profissionais no mercado: o músico nato e o insistente, que, por disciplina, acaba conseguindo fazer um bom som.
Depois dessa certeza você deve buscar ajuda prática e teórica com professor, de preferência (pra não se atrasar no tempo).
Frequente todos os shows possíveis. Visualizar a execução, além de ser estimulante é um exclente aprendizado prático. Observe os equipamentos, instrumentos e acessórios.
Atualize-se do que existe no comércio. Visite as lojas e pesquise.
O melhor caminho para um "final feliz" é praticar muito sozinho e com muita disciplina. Reserve uma hora por dia ou mais para praticar, mas cuidado com os exageros, que podem causar danos irreversíveis.
Ensaie em grupo pelo menos uma vez por semana. Alterne os ensaios completos (som alto) com reuniões acústicas (som baixo) para definir arranjos, composições, estratégias de palco, etc..
Para evitar dores de cabeça, registre o nome de sua banda (procure o INPI) e as músicas de sua autoria (no Escritório de Direito Autoral da Fundação Biblioteca Nacional).
Só publique um site da banda na Internet e disponibilize MP3 depois que já tiverem ensaiado muito. Se for precipitado, vai ser suicídio profissional.
Trabalhe a presença de palco. Não adianta ser só talentoso, é preciso ter uma boa performance e pensar em um estilo para os músicos.
O ensaio não pode ser cansativo. Repetir é o segredo do melhor resultado. Se você não consegue ouvir muito sua própria música, então desista.
Cuidado com o palco. Na hora de começar a tocar, afine antes, não use volume alto para testes, não demore muito, ligue-se nos colegas, etc.. De preferência, que a primeira nota seja VALENDO.
A internet é o melhor veículo de promoção e divulgação. Use e abuse: Orkut, msn, homepage, Trama Virtual, BDG (Bandas de Garagem), foruns de discussão sobre música, etc.. Faça o que puder para tornar seus espaços o mais dinâmico possível (fotos e textos), para que as visitas sejam crescentes (essa dica é importantíssima).
Nunca pare de estudar.

(na foto: Sangue da Cidade; início com sucesso)

10 comentários:

Anônimo disse...

olha: eu arrumei pessoas pra banda mas o problema são os instrumentos q ninguém tem. Como a gente faz???

osvaldo tancredo disse...

já tentou suicídio?
rs
esse é um problema de muitos
no início pode tentar emprestado ...MAS NÃO SE ACOSTUME !!!!!!
detesto remendos

danielaa.rodrigues disse...

vc disse:...cuidado com os exageros, que podem causar danos irreversíveis.
ow, qe danos sçao esses?
pq tem dia qe eu fiko umas cinco horas tocando.

Osvaldo Tancredo disse...

Exageros existem na vida real. Alguns fatos são grotescos. Por exemplo: um candidato a baixista que dormia com atadura nas mãos com um espaçador entre os dedos para poder dar mais abertura.
Às vezes a vontade (cabeça dura) é tanta que o cara não sente que ta exagerando, o que pode causar uma tendinite ou qualquer outro processo regressivo dos membros, fazendo efeito contrário ao desejado.

ricardo disse...

muito 10 seu texto to pensando em montar uma banda eu ja tenho 16 anos vc acha q ainda esta em tempo?

ricardo disse...

muito 10 seu texto to pensando em montar uma banda eu ja tenho 16 anos vc acha q ainda esta em tempo?

Pedro Pires disse...

Sempre há tempo Ricardo.

Vingan� disse...

meu eu escrevo musicas muito bem, sempre fui vocalista de uma bandinha de amigos, mas por nao saber cantar decidi tocar bateria e comecei a fazer aula. Agora quando escrevo sinto vontade de cantar, tocar bateria, guitarra. o que devo fazer e qual o caminho para aprender nao de maneira exagerada mas de maneira acelerada a tocar bateria?

Osvaldo Tancredo disse...

Disciplina e persistência. Para aprender rapidamente precisa dedicar seu tempo e ter compromisso com regras e metas, ter um professor que te passe experiências práticas além da teoria, fazer amizade com músicos e trocar experiências com eles, participar de bandas...
Ande com as baquetas nas mãos e treine.

Matheus Henrick disse...

To começando uma banda e vamos nos apresentar na escola talvez tenho 10 anos sou guitarrista solo e tenho uma caixa sound maker amplificada sera q alguem tem dicas ou perguntas ae pq n bateria vai so a bateria e baquetas ok?mas tem a Baixista que eh a Alice n sei se ela tem caixa queremos entrar nos gênerosharcore emocore e rock n roll se tiverem algumas dicas ae agradeço...(O baterista eh luíz tem 10 anos a baixista Alice 10 anos e o 2º guitarrista Antenor acho q ele tem 11 ou 12 anos).